Guia de Carreiras: Especialista em Vídeo e Fotografia

Com certeza você dedica algumas horas de sua semana consumindo conteúdo online, principalmente no formato de vídeo.  Seja assistindo a uma série no Netflix, dando uma olhada nos canais do Youtube, ou ainda, dando likes em vídeos caseiros que familiares e amigos postam nas redes sociais, incluindo, aqui, o conteúdo produzido ao vivo.

Não dá mais para negar a enorme influência que a internet tem sobre a vida das pessoas. As empresas sabem disso, e estão transformando suas estratégias de vendas em verdadeiras produções, muitas delas dignas de Hollywood.

Sem falar nas próximas tendências que estão por vir, como a produção de vídeos em 360º e realidade virtual. Pesquisas feitas pela multinacional Cisco indicam que, até 2019, 80% do tráfego online será de vídeos digitais, sendo que, em 2014, esse número já ultrapassava os 67%.

E é aí que entra o papel do especialista em vídeo e fotografia, tão crucial para o progresso e o destaque das empresas no ambiente virtual. No Guia de Carreiras de hoje, você vai conhecer mais sobre essa carreira e a sua importância nos tempos de likes e views. Confira o perfil desse profissional.

O papel do especialista em vídeo e fotografia no marketing digital

Você, estando ou não inserido no universo do marketing digital, certamente sabe da vital importância que uma boa imagem e um vídeo de qualidade têm para as estratégias de vendas de uma empresa. Afinal, não é à toa que as companhias escolhem fotos para ilustrar os textos e as notícias que saem diretamente em sites e blogs.

Em se tratando dos vídeos, eles são mais do uma tendência do marketing digital: são, verdadeiramente, o presente.

Várias pesquisas já indicaram que quando um cliente assiste a um vídeo, por exemplo, aumentam as chances de ele conseguir reter as informações e confiar nelas. E isso diz muito sobre o comportamento do consumidor dentro do universo online. Se não estamos em uma loja física, vendo o produto e testando-o antes de se decidir pela compra, podemos assistir a um vídeo sobre ele.

Outro fator que beneficia a produção de vídeos no universo digital é o custo. Enquanto para publicar um vídeo na mídia tradicional o empresário precisa investir em espaço dentro da programação, no tempo de veiculação e na própria produção do VT (videotape) – o que torna o valor final consideravelmente alto –, a internet oferece uma opção bem mais igualitária, sendo que apenas os custos com a produção do vídeo é que são mantidos, além do investimento em anúncio, que passa a ser opcional, visto que há chances de o vídeo atingir o público certo com as estratégias corretas de marketing digital.

É nesse contexto que entram em cena as iniciativas de pequenas e médias empresas, e também de empreendedores individuais, que investem em produções mais modestas, mas com uma narrativa emocionante e criativa. O resultado é a transformação de sua mensagem em um conteúdo que tem potencial para viralizar pela rede. E nunca antes foi possível segmentar tão bem esse público-alvo e interagir com ele – sem falar no acesso a dados precisos sobre quem assistiu aos vídeos e métricas exatas da performance da campanha, o que contribui, e muito, para a tomada de decisão e maior assertividade nos investimentos.

Não é de hoje que as empresas perceberam esse movimento do mercado e produzem, diariamente, milhares de vídeos como forma de estreitar a comunicação com o público e gerar o tão sonhado engajamento (comentários, curtidas e compartilhamentos). Essa é uma excelente estratégia de marketing digital e os roteiros são bem diversificados. Alguns exemplos:

  • Reviews, comparativos e unboxing de produtos: alguns produtores de conteúdo se especializaram na gravação de vídeos tirando produtos das caixas assim que os recebem para mostrá-los ao público. Além disso, eles também realizam reviews e comparativos com outros produtos, relatando suas experiências e avaliações.
  • Depoimentos de clientes: é uma ótima estratégia para a divulgação de empresas. Quando são sinceros, eles conseguem gerar identificação e dão um bom retorno para a marca.
  • Receitas e tutoriais: quem nunca se pegou assistindo a um vídeo que mostra o passo a passo da utilização de um determinado produto ou serviço? Não é à toa que os vídeos de tutoriais e receitas geram milhões de visualizações e um bom retorno sob o investimento para as empresas.

E quanto às fotografias, nem é preciso dizer de sua importância para que a imagem da empresa seja valorizada. As lojas virtuais de moda são um grande exemplo, pois realizam uma verdadeira produção fotográfica para expor seus produtos. Até mesmo profissionais autônomos, que divulgam suas peças pelas redes sociais (como Facebook, Instagram e Pinterest), estão procurando caprichar nas produções ­– da escolha dos modelos, à produção da roupa, cabelo, maquiagem, cenário, fotografia, edição e tratamento de imagens.

Eis, então, a grande importância de um especialista em vídeo e fotografia no marketing digital: é justamente esse profissional que irá trabalhar para que o resultado final seja satisfatório e complemente as estratégias de vendas da empresa.

Competências e habilidades necessárias

Existem algumas características que o especialista em vídeo e fotografia precisa desenvolver para ter sucesso e desenvoltura na profissão. Dentre elas:

  • Ser criativo, inovador e ter um senso estético apurado. Afinal, o profissional vai lidar com imagens e produção de vídeo, que devem transmitir credibilidade e proporcionar engajamento por parte do público. Para isso, é preciso gostar de estudar e se atualizar sobre as tendências do setor.
  • Como o profissional vai lidar com vários projetos ao mesmo tempo, ele precisa ter muita disciplina, organização e comprometimento com os resultados.
  • Saber trabalhar em grupo, pois em projetos de marketing digital, a equipe geralmente é composta por um time diversificado, como editores, analistas, redatores, revisores, gerentes e uma série de outros colegas, além do próprio cliente, é claro.
  • Conhecer o funcionamento das redes sociais, como o Facebook, o Instagram e o Youtube, por exemplo. Mudanças nas métricas que impactam o alcance dos posts e vídeos acontecem de uma forma rápida, então, o profissional deve se manter sempre atualizado para que o projeto não seja prejudicado.
  • Domínio da língua inglesa, que já deixou de ser diferencial e passou a ser requisito mínimo para contratação. Isso sem falar que a maioria das ferramentas e alguns materiais da área estão em inglês.
  • Gostar de tecnologia e estar sempre atualizado sobre esse universo.
  • Conhecimento sobre criação de gerencialmente de banco de imagens.
  • Ter conhecimento sobre o funcionamento do Marketing Digital. Mesmo que o profissional trabalhe apenas na área da criação e edição de vídeos e imagens, ele precisa conhecer a estratégia e as etapas do processo de vendas para fazer o trabalho de acordo com o proposto.

O especialista em vídeo e fotografia também deve dominar as principais ferramentas de edição, pois é um requisito para o ingresso em empresas e agências.

Na área dos vídeos, eis alguns exemplos de ferramentas de nível avançado:

Adobe Premiere

O Premiere é um dos softwares de edição de vídeos mais conhecidos e completos da atualidade. Por ser de nível profissional, é necessário estudo para se acostumar com todas as suas funcionalidades e recursos. Ele pode ser utilizado tanto no PC quanto no Mac, sendo que existe a possibilidade de testá-lo gratuitamente por 30 dias.

Sony Vegas

Assim como o Premiere, o Sony Vegas é um programa profissional para edição de vídeo, que oferece recursos para a criação simples até produções mais robustas. Também é gratuito para testes por 30 dias.

Final Cut

Esse software de edição de vídeos é exclusivo para Mac e conta com recursos para deixar as produções extremamente profissionais. Se comparado ao Sony Vegas e ao Premiere, o Final Cut tem uma interface mais simples e intuitiva, mas tecnicamente está bem equilibrado em relação aos outros dois programas. Também é gratuito para testes por 30 dias.

HitFilm Express

Software de nível profissional, porém um pouco menos completo do que o Premiere. Mesmo assim, o HitFilm Express oferece diversos recursos de edição e ainda possibilita que o profissional instale plug-ins com novas ferramentas. Ao contrário dos demais programas citados, ele é gratuito, desde que o usuário faça uma publicação automática sobre o produto em suas redes sociais.

Blender, Maya, 3Ds Max, Cinema 4D

São programas de animação tridimensional e de modelagem. Por ser mais complexos, exigem um bom tempo de estudo, por isso, profissionais que sabem usar esses programas são bem valorizados no mercado.

Já na área das imagens, entre as ferramentas de nível avançado que o profissional precisa dominar estão:

Pacote Adobe

A Adobe lidera no quesito dos softwares mais versáteis e integrados na área da edição de imagens. Nesse caso, todo profissional de imagem precisa dominar o Photoshop – software de manipulação de imagens, ideal para arquivos em formato bitmap – e o Illustrator, programa para imagens vetoriais que permite a manipulação de pontos e preenchimentos de forma fácil e rápida.

CorelDraw

Apesar de ter perdido espaço para os programas da Adobe, é um bom software que manipula imagens vetoriais. Porém, mesmo que você tenha domínio sobre o CorelDraw, não deixe de aprender a utilizar o Adobe Illustrator, pois é exigência de muitas empresas no mercado.

Formação do especialista em vídeo e fotografia

Apesar de não existir uma graduação específica, existem uma série de cursos técnicos (como o oferecido pelo Senac, por exemplo) que formam o profissional na área de edição e finalização de vídeos e imagens.

Também existem pós-graduações com uma série de especializações na área, como Animação 3D e Edição Digital de Vídeo, por exemplo, tanto no Brasil quanto no exterior. Nesse caso, o profissional deve possuir uma graduação.

Outras boas alternativas são os diversos cursos, tanto presenciais quanto na modalidade a distância, que são oferecidos na internet. Alguns apresentam uma ótima grade e com profissionais de destaque no mercado.

Também é necessário que o profissional estude sobre as principais ferramentas de edição, por isso, o autodidatismo é outra característica que o especialista em vídeo e fotografia precisa desenvolver, pois essa é uma área que é atualizada muito rapidamente.

O mercado de trabalho para o especialista em vídeo e fotografia

Como o marketing digital tem crescido muito nos últimos anos, o especialista em vídeo e fotografia tem uma boa possibilidade de atuação. Afinal, as empresas, de todos os portes e segmentos, já compreenderam que o consumidor está na internet e é nesse ambiente que existe uma grande chance de elas crescerem no mercado.

Seja o profissional já experiente e em busca de recolocação no mercado ou um iniciante na carreira, as chances que o mercado vem oferecendo são grandes. Por isso, é muito importante que haja uma constante atualização na área para acompanhar as tendências e o comportamento do consumidor, de forma que os vídeos e as imagens dos sites, blogs e demais canais transmitam a devida credibilidade.

Como um especialista em vídeo e fotografia, você pode trabalhar em vários locais, tais como:

  • Agências de comunicação e de marketing;
  • Agências de publicidade e propaganda;
  • Startups;
  • Produtoras de vídeo;
  • Dentro das próprias empresas;
  • Como empreendedor, abrindo uma empresa e oferecendo seus serviços a agências e clientes diretos, incluindo vlogueiros profissionais.

Em relação aos salários, eles podem variar de acordo com o porte da empresa, o cargo oferecido e a experiência do profissional. Além disso, dentro dessa área existem diversas especialidades e funções mais específicas. Mas, para se ter uma ideia, a média salarial de um editor de imagens no Brasil, de acordo com informações do Site Nacional de Empregos (Sine), é a seguinte:

  • Pequenas empresas: de R$ 1,3 mil (trainee) a R$ 3,4 mil (nível master, com mais de 8 anos de experiência).
  • Médias empresas: de R$ 1,8 mil (trainee) a R$ 4,3 mil (nível master).
  • Grandes empresas: de R$ 2,3 mil (trainee) a R$ 5,7 mil (nível master).

Diante de todas essas informações, podemos concluir que a carreira do especialista em vídeo e fotografia é extremamente necessária nas empresas modernas, e deve andar de mãos dadas com a área do marketing digital em tempos tão tecnológicos. Afinal, as organizações nunca estiveram tão próximas de seu público quanto agora.

Então, está pronto para se tornar um especialista em vídeo e fotografia no marketing digital? Ficou com alguma dúvida ou tem alguma dica para quem está pretendendo entrar no ramo? Compartilhe sua mensagem nos comentários e até a próxima!