Guia de Carreira: Analista de SEO

typographyimages / Pixabay

O mercado do marketing digital está em constante crescimento e isso pode ser explicado por alguns fatores, entre eles a popularização do acesso à internet ­– ou seja, a migração do público-alvo das empresas para os meios digitais.

Nesse sentido, muitas empresas se deram conta da importância de ter uma presença bem sólida na internet, tornando necessária a otimização de sites de forma que eles sejam facilmente encontrados pelos consumidores de produtos e serviços.

Isso faz com que a profissão de analista de SEO seja uma das carreiras mais promissoras da atualidade.

Mas você sabe exatamente o que esse profissional faz na prática e quais as competências e habilidades necessárias para o ingresso no mercado de trabalho? É exatamente sobre isso que falaremos no post de hoje. Acompanhe!

O papel do analista de SEO

Antes de falarmos sobre a função desse profissional, vamos entender melhor o que significa SEO.

A sigla vem do inglês, Search Engine Optimization, traduzida como otimização para mecanismos de busca.

É um conjunto de técnicas que ajuda os sites, blogs e páginas da web a terem relevância e bom ranqueamento nos motores de busca, como o Google, o Yahoo e o Bing, fazendo com que as estratégias de marketing digital alcancem o público-alvo da empresa.

De um modo geral, o analista de SEO desempenha quatro funções principais:

  1. Pesquisa de keywords (palavras-chave)
  2. SEO off-page
  3. SEO on-page
  4. Análise de métricas

Pesquisa de keywords (palavras-chave)

O profissional é responsável por procurar palavras-chave que possam ser usadas no site e em todo o seu conteúdo para atrair mais visitantes. Ou seja, ele precisa identificar as palavras e frases mais utilizadas pelo público-alvo da empresa para que elas sejam utilizadas nas estratégias de conteúdo.

O analista deve avaliar, ainda, os volumes de buscas mensais feito pelos usuários em cada uma das palavras-chave, além de definir a melhor forma de ranquear essas palavras e saber onde, quando e como utilizá-las no site da empresa.

Dessa forma, quanto mais pessoas digitarem essas keywords, melhor posicionado o site ficará nos motores de busca. Essa é apenas uma das várias técnicas utilizadas pelo analista de SEO.

SEO off-page

O profissional de SEO precisa ficar atento às oportunidades de criação de conteúdos de qualidade e que sejam compartilháveis externamente.

A função de SEO off-page relaciona-se aos links externos que um site recebe, gerando ainda mais audiência a ele.

Além disso, o analista precisa entrar em contato com outros sites, via e-mail e até telefonemas, para gerar links e mais parcerias.

SEO on-page

Esta função exige conhecimentos básicos de programação, como veremos mais adiante. Apesar de o analista de SEO não ser um especialista na criação de sites, ele precisa verificar se as configurações estão de acordo com as melhores práticas de SEO.

Na prática, o profissional verifica as URLs, sitemap, o tempo de carregamento do site e de suas imagens, a possibilidade de haver conteúdos duplicados, títulos repetidos, a escaneabilidade dos textos, etc.

Tudo para não prejudicar o ranqueamento do site nos motores de busca e tornar a experiência do usuário mais atrativa.

Análise de métricas

É uma função extremamente importante para a tomada de decisões nas estratégias de marketing digital da empresa, no presente e no futuro. Para isso, o analista de SEO utiliza ferramentas de medição de todo o tráfego do site, como o Google Analytics.

Algumas métricas são definidas de acordo com cada estratégia, para que sejam analisadas e relatórios sejam gerados.

Por exemplo, podem ser medidos a quantidade de visitantes diários no site, quais as palavras-chave que eles digitaram nas buscas para encontrar o site, o tempo médio em que permanecem nele, quais páginas visitam, de quais dispositivos acessam e outros detalhes que analisam o comportamento dos usuários.

Tudo isso tendo objetivos e metas claras, que podem ser a geração de leads (pessoas interessadas nos produtos ou serviços da empresa que passam a acompanhar as atualizações do site) ou de vendas.

A partir da análise desses relatórios, a equipe toma decisões a fim de aperfeiçoar as estratégias da empresa.

A importância de um analista de SEO no marketing digital

Já deu para perceber que o trabalho de um analista de SEO é bem importante e estratégico para as empresas se posicionarem no mercado, não é mesmo?

Por isso, esse profissional se faz tão necessário nas empresas. Se elas querem atrair clientes sem investir altas somas de dinheiro em anúncios pagos, o SEO é indiscutível para que gere tráfego orgânico.

Em geral, as organizações não deixam de anunciar na internet, mas cada vez mais estão investindo na atração de tráfego de uma forma mais natural, ou seja, fazendo com que o público encontre o site – e um analista de SEO sabe como gerar conteúdo e para isso, aumentando as vendas como consequência.

Separamos, a seguir, outros dois motivos que mostram a importância desse profissional para as empresas:

  • Qualificação de leads: um analista de SEO domina as ferramentas para que haja, além de um bom ranqueamento do site nos motores de busca, a vinda de pessoas “qualificadas” para ele, para que as vendas sejam facilitadas. Ou seja, usuários que realmente tenham interesse nos produtos ou serviços que a empresa oferece. Pessoas assim são chamadas de “leads” dentro do marketing digital. Por exemplo: você tem um site que oferece cursos de idiomas. Um lead qualificado é um usuário que tem interesse nesse tipo de serviço, e não alguém que aleatoriamente entrou em seu site “por engano”.
  • Aumento de tráfego: a quantidade de visitas que um site recebe influencia diretamente nas vendas dos produtos e serviços. Por isso, uma das tarefas do analista de SEO é estruturar o site para que ele seja rapidamente encontrado nas buscas (preferencialmente nas primeiras posições), tornando-o uma fonte confiável e uma autoridade no assunto a que se propõe. Aumento de credibilidade, aumento de vendas. Esse é um trabalho a médio e longo prazo, mas que traz excelentes resultados para as organizações.

Competências e habilidades necessárias

Existem algumas habilidades e competências que o analista precisa desenvolver para ter sucesso na profissão. Vamos citar algumas delas:

  • Senso crítico;
  • Raciocínio lógico;
  • Flexibilidade;
  • Gostar de desafios;
  • Autodidatismo (correr atrás de conhecimento sozinho);
  • Grande capacidade de se atualizar frente às novidades do mercado;
  • Capacidade de analisar dados, interpretá-los e mostrá-los aos gestores;
  • Flexibilidade;
  • Ótima comunicação escrita (ser um excelente redator).

Quanto às competências, o profissional precisa ter domínio nas seguintes áreas:

Web analyitcs

Os resultados de todas as métricas escolhidas para serem constantemente medidas são colhidas a partir de algumas ferramentas, tais como:

  • Google Analytics: é imprescindível saber trabalhar com essa ferramenta fornecida pelo Google, que, atualmente, é o maior motor de busca do mundo. Todo profissional da área de marketing digital precisa conhecer profundamente como configurar, analisar e emitir relatórios a partir dos dados gerados por essa ferramenta.
  • SEM Rush: com quase 1 milhão de usuários, essa ferramenta é completa e permite analisar dados como dificuldade de ranquear cada palavra, backlinks, sazonalidades, volume de buscas, etc. – tanto do seu site quanto do seu concorrente, inclusive com estimativas das visitas orgânicas que ele recebe.
  • SEO Moz: ferramenta parecida com a anterior, mas que possui uma versão específica para quem precisa ranquear negócios físicos de forma local.
  • Ahrefs: com mais de meio milhão de usuários, essa ferramenta gera relatórios de backlinks (que identificam o valor do seu site) que podem ser usados para procurar por novas oportunidades. Também existe uma função que permite a descoberta de ideias de conteúdo para o site.

Marketing digital

O analista de SEO é um dos profissionais que compõe todo o time que cuida do marketing digital de uma empresa.

É muito importante que ele conheça bem o funcionamento das demais funções dos colegas, pois as estratégias de SEO só darão certo se forem trabalhadas em conjunto. É preciso ter uma visão global do marketing.

Inglês

Dominar a língua inglesa é mais que um diferencial, é essencial para o trabalho do analista de SEO. Isso porque várias ferramentas e a maior parte dos artigos e atualizações da área estão em inglês.

Sem esse idioma, você não consegue competir no mercado de trabalho, principalmente se tentar ingressar em startups e empresas de grande porte.

Além disso, vários eventos da área contam com grandes nomes do segmento, que são estrangeiros. Então, o inglês é importante tanto para fins de estudo e trabalho como, também, de networking.

Conhecimentos básicos de programação

Não é necessário conhecer profundamente todos os detalhes de programação de sistemas. Até mesmo porque um dos integrantes do time de marketing digital será o especialista nesse assunto.

Mas como o SEO também envolve a estrutura do site, é importante ter noções básicas dessa área de HTML.

Conhecimentos básicos de User Experience (UX)

O User Experience é uma abordagem de desenvolvimento de produto que leva em consideração o feedback do usuário durante todo o processo, com o objetivo de reduzir custos e criar produtos e serviços fáceis de serem utilizados.

Em outras palavras, essa técnica permite que o público-alvo da empresa tenha uma boa experiência de uso do produto, do serviço e, inclusive, da navegação em seu site.

Formação do analista de SEO

Não existe um curso superior com foco em SEO. Talvez essa ausência seja explicada pela necessidade de grande rapidez de atualização de conteúdo. Afinal, a área geralmente passa por mudanças todos os meses.

Dessa forma, os profissionais que desejam atuar nessa área precisam desenvolver o autodidatismo e correrem atrás de cursos de capacitação. E por ser um investimento que requer muita dedicação (afinal, não se pode parar de estudar e se atualizar), o analista de SEO é um dos profissionais mais bem pagos atualmente no Brasil e em outros países, dentro da área do marketing.

Além dos cursos livres, ele precisa acompanhar em sua rotina os sites de referência sobre o tema, tais como:

Neil Patel é o site de um dos maiores nomes do marketing digital da atualidade e criador de 4 das mais populares ferramentas de SEO do mundo (Crazy Egg, Hello Bar, KISSmetrics e Quick Sprout).

Em geral, as empresas buscam profissionais com alguns requisitos mínimos, além das habilidades e competências que já citamos acima:

  • Graduação ou experiência de trabalho na área de marketing.
  • Certificações em marketing digital.
  • Familiaridade com as principais ferramentas de busca e análise de keywords.
  • Conhecimento profundo das atualizações de algoritmo e fatores de ranqueamento.
  • Experiência prática em SEO.

Por isso, uma dica bem interessante para obter essa prática é treinando em um site em que você tenha a liberdade de realizar seu trabalho. Reserve pelo menos 30 horas por mês para trabalhar com ele, instale as ferramentas necessárias e mãos à obra.

A geração de relatórios com resultados satisfatórios pode ser a porta de entrada para você ingressar em startups e grandes corporações.

O mercado de trabalho para analista de SEO

Como vimos, não existe uma formação superior (graduações, pós-graduações, etc.) para a área de SEO e, por isso, o mercado está sempre à procura de profissionais especializados.

Essa disputa acaba inflacionando os salários e acelerando ainda mais a carreira dos analistas de SEO, que podem trabalhar em agências de marketing de pequeno, médio e grande porte, além de startups e empresas de vários segmentos.

De acordo com uma pesquisa do site Love Mondays, empresa que analisa salários e a satisfação de trabalhadores em diversas organizações, a média salarial de um analista de SEO é de R$ 2,4 mil, sendo o valor mínimo registrado de R$ 1 mil e o máximo de R$ 6,4 mil. Portanto, não deixe de se aperfeiçoar na carreira para pleitear as melhores remunerações.

A carreira de analista de SEO é desafiadora, mas também bastante promissora em um mundo cada vez mais tecnológico.

Dentro do marketing digital, são várias as possibilidades de construção de uma carreira sólida – o fundamental é estudar muito, fazer todos os cursos que puder e estar pronto e atualizado no mercado de trabalho. Seguindo esse caminho, as chances de sucesso são ainda maiores!

Então, está pronto para se tornar um analista de SEO de sucesso no marketing digital? Ficou com alguma dúvida ou tem alguma dica para quem está pretendendo entrar no ramo? Compartilhe sua mensagem nos comentários e até a próxima!