Guia de profissões: Analista de Google Adwords

Quando você navega por sites, blogs, redes sociais e aplicativos pela internet, é muito provável que se depare com uma série de anúncios em seus vários formatos. Ou, ainda, quando faz uma pesquisa no Google, aparecem nas primeiras posições links com a palavra “Anúncio” ou várias opções de produtos no Google Shopping. Isso quer dizer que a empresa pagou para estar ali – e existe uma verdadeira estratégia por trás dessa posição.

Dessa forma, surgiu um profissional fundamental para que as estratégias de anúncios pagos sejam direcionadas ao público certo e pelo menor custo de aquisição na internet: estamos falando do Analista de Google Adwords.

Mas o que exatamente faz esse profissional? É o que você vai descobrir no post de hoje da série Guia de Profissões.

O papel de um analista de Google Adwords

Em vários posts dessa série de profissões do marketing digital, nós enfatizamos a importância de as empresas criarem suas estratégias de divulgação de produtos e serviços por meio do alcance orgânico – ou seja, com produções e informações que atraiam visitantes ao site de modo “gratuito”.

Mas os anúncios pagos também fazem parte de uma boa estratégia de publicidade. Afinal, esse tipo de campanha possibilita encontrar clientes no momento certo da compra, ou seja, não será necessário todo um plano para atraí-los por outros meios. As duas estratégias de alcance, portanto, são complementares.

Portanto, é imprescindível ter uma pessoa encarregada para cuidar dessa área do marketing.

Nesse sentido, o analista de Google Adwords tem como principais funções a de criar, gerenciar, mensurar e atualizar esses tipos de anúncios na rede de pesquisa e na de display do Google. Vamos explicar mais detalhadamente essas tarefas:

#1 Planejamento

Para criar o planejamento das campanhas de anúncios, o analista de Google Adwords precisa realizar uma intensa pesquisa, que deve alinhar o orçamento total da campanha, as palavras-chaves que serão utilizadas e seus respectivos CPC (Custo por Clique).

Isso porque cada palavra-chave tem um preço, que é definido de acordo com o seu volume de buscas. Dessa forma, o analista toma cuidado para que o valor não ultrapasse o orçamento da empresa.

Quer um exemplo? Vamos supor que você tenha um orçamento de R$ 2 mil por mês para uma campanha e o custo médio do CPC é de R$ 2 – ou seja, a cada vez que um usuário clicar no anúncio, a empresa precisa pagar os R$ 2. Se em um só dia o anúncio tiver mil cliques, ele perderá a visibilidade durante o restante do mês, pois o limite de gastos estipulado previamente já terá sido atingido. Aliás, é possível limitar o orçamento diário para que o valor investido dure por todo o período estabelecido para a campanha.

#2 Criação da campanha

Planejamento feito, o analista de Google Adwords parte para a criação da campanha na plataforma. Nesse caso, o profissional pode optar por anunciar na rede de pesquisa, na rede de display, por meio de vídeo ou, também, no Google Shopping, que é específico para e-commerces.

Em seguida, ele parte para a segmentação da campanha, o período de veiculação e a escolha das palavras-chave para que os anúncios alcancem o público certo.

#3 Gerenciamento das campanhas

Anúncios criados e ativos, o analista de Google Adwords passa a monitorá-los diariamente ou em outra periodicidade pré-estabelecida.

Nesse período, ele precisa ficar atento, porque o custo das palavras-chave pode variar ou, ainda, outras mais importantes podem surgir. Nesse caso, se o analista faz um bom gerenciamento, ele consegue tomar rapidamente decisões para evitar desperdício de verba.

#4 Mensuração dos resultados

O analista de Google Adwords precisa mensurar os resultados que as campanhas de anúncios estão alcançando e apresentá-los à equipe. Para isso, existem vários relatórios de performance.

Então, em resumo, as principais funções do analista de Google Adwords são:

  • Criação e administração de campanhas no Google Adwords;
  • Otimização de campanhas de acordo com os resultados alcançados;
  • Realização de testes A/B;
  • Criação de regras automatizadas de palavras-chave;
  • Pesquisa e investigação de palavras-chaves relevantes para a empresa;
  • Monitoramento das métricas de desempenho de cada campanha;
  • Implementação de estratégias de aquisição de novos clientes.